Inquietações Pedagógicas

"Não sei, meus filhos, que mundo será o vosso…"  Jorge de Sena in Metamorfoses

21.8.05
 
Os Açores e a educação ambiental e patrimonial


1-Terceira, Pico, Pico Foto: Ana Maria Bettencourt

Os Açores e a educação ambiental e patrimonial


Num dos poucos dias da passada semana em que o tempo o permitiu, subimos mais uma vez ao Pico. É sempre uma experiência inesquecível, apesar de muito difícil.
Pelo caminho cruzámo-nos com dezenas e dezenas de turistas europeus provenientes designadamente de França, Alemanha, Itália. Os portugueses eram bastante mais raros. Entre esses raros portugueses quero referir um grupo de escuteiros com que nos cruzámos primeiro e mais tarde uma família composta por pai, mãe e duas crianças menores de 10 anos que se preparava para a grande aventura que é subir a montanha e pernoitar na cratera. Experiência de grande valor pedagógico em que muito se pode aprender, tanto ao nível do método e da disciplina para abordar aquela experiência difícil, como da geologia ou da botânica. Aquelas crianças não esquecerão a aventura vivida e o que aprenderam naqueles dias.

Ao longo dos últimos dias fizemos passeios pedestres que nos revelaram uma vez mais a imensa riqueza da paisagem açoreana, na Terceira cujo interior profundo, porque só se pode percorrer a pé, é desconhecido de grande parte dos seus habitantes, e dos turistas que se vão ficando pela cidade património (lindíssima) , pelas festas e pelos locais onde se vai “ao banho”, que são de acesso mais fácil.

No Pico, o contacto com a dureza e beleza da acção vulcânica mais recente esmaga-nos. Mais uma vez me interroguei sobre a acção da escola na promoção do conhecimento e da capacidade de defesa da natureza. Felizmente há cada vez mais zonas classificadas e museus, o que facilita o conhecimento e defesa da natureza e património, mas existem também cada vez mais atropelos, o que torna indispensável a intervenção de cidadãos com uma formação cultural sólida e capacidade de defesa do património. Algumas entidades regionais bem como algumas associações, têm desempenhado um papel decisivo, como é por exemplo o caso de “Os Montanheiros”.
Mas, da escola exige-se muito mais para a formação dos cidadãos.

Ana Maria Bettencourt


Comments:
Sugiro uma visita ao blog Ambientalistas da Amadora

http://ambientalistasdaamadora.blogspot.com/

Considerem a colocação de um link a este blog.

Obrigada.
 
Enviar um comentário

<< Home