Inquietações Pedagógicas

"Não sei, meus filhos, que mundo será o vosso…"  Jorge de Sena in Metamorfoses

18.12.06
 
Conferência Ibérica em Educação para a Cidadania
Vai realizar-se em Lisboa a Conferência Ibérica em Educação para a Cidadania nos dias 9 e 10 de Março de 2007.
Esta conferência é organizada simultaneamente pelo Centro de Investigação em Educação da FCUL, pelo Thematic Network CiCe e pela Universidade Autónoma de Barcelona e procurá cruzar olhares e debater temas tais como Politicas de Cidadania; Ensino Superior e Educação para a Cidadania; Educação para a Cidadania no Currículo e na Escola; Cidadania Activa: Desafios e Prospectivas.

Visite o site da conferência http://cie.fc.ul.pt/seminarioscie/IberianConference/index_uk.htm, onde poderá ter acesso a mais informações.

Comments:
SEPARATISMO NA EUROPA
««mini---spam»»»

---> Assumam um esforço de DIGNIDADE!!!

---> Declarem guerra à Parasitagem Branca!!!
{ ou seja, reivindiquem o Legítimo Direito ao separatismo }

---> Vejam se percebem isto:
-> Actualmente, aqueles que andam a condenar a Parasitagem Branca... são Nativos Europeus;
-> No futuro, quando forem uma minoria na Europa, os Nativos Europeus estarão numa situação de grande fragilidade... visto que... existirão outros... que irão condenar a Parasitagem Branca... -> Salta à vista de toda a gente: no futuro, os Nativos Europeus irão perceber que herdaram a herança mais envenenada da História da humanidade...


NOTA 1:
--->>> Por definição, Parasitagem Branca são todos aqueles que pretendem andar na Curtição-Parasita… isto é:
- são aqueles que pretendem andar no planeta a curtir mão-de-obra servil ao ‘preço da chuva’;
- são aqueles pretendem andar no planeta a curtir a existência de alguém que pague as Pensões de Reforma… apesar de… nem sequer constituírem uma sociedade aonde se procede à Renovação Demográfica!
De facto:
---> Uma coisa é uma pessoa ser bem sucedida na sociedade.
---> Outra coisa - completamente diferente - é o facto da Parasitagem Branca [quem não os conhecer que os compre] adorar elevar artificialmente o seu estatuto na sociedade:
- no passado, através da importação de escravos;
- no presente, através da importação de mão-de-obra servil imigrante.


NOTA 2:
--->>> A Parasitagem Branca continua a preservar a sua bandalheira-ética:
-> No passado, argumentavam que os escravos eram fundamentais para o desenvolvimento económico do país. {nota: era necessário rentabilizar o investimento feito em caravelas... e... era necessário salvaguardar a industria de construção de caravelas }
-> No presente, argumentam que a mão-de-obra servil imigrante é fundamental para o desenvolvimento do país...
 
Passei por aqui para desejar um Feliz Natal e um 2007 cheio de boas novas...
 
Obrigada pela dica :) - vou linkar.
Boas festas e Excelente Novo Ano!
 
Enviar um comentário

<< Home